Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

O que são válvulas Tipos de Válvulas

Uma válvula é um dispositivo que pode ser utilizado para controlar o fluxo de líquidos, gases, e materiais em suspensão. Também conhecido como reguladores, registros, entre outros, as válvulas podem ser encontradas em quase qualquer situação. Tipos de Válvulas


Válvulas de bloqueio

  Válvulas de Bloqueio: São válvulas que se destinam primordialmente a estabelecer ou interromper o fluxo, isto é, só devem funcionar completamente abertas ou completamente fechadas. São destinadas especificamente para controlar o fluxo, podendo por isso trabalhar em qualquer posição de fechamento.
  1. Válvula gaveta

  Na indústria, dentre as válvulas manuais de bloqueio, a de gaveta é a mais utilizada. Quando totalmente aberta, sua obstrução à passagem do fluxo é mínima. Sendo assim mais simples e eficaz. Pelo seu manuseio ser mais lento, comparada às demais válvulas, são empregadas em processos onde o processo de abertura e fechamento não são frequentes.   
  1. Válvula macho

  As válvulas macho têm obturadores (machos) cilíndricos ou cônicos que podem ser girados no interior do corpo da válvula, numa rotação de um quarto de volta, para controlar o fluxo. O macho destas válvulas têm um ou mais orifícios de passagem na sua lateral, de modo que o fluido possa fluir através do orifício quando a válvula estiver aberta. As válvulas macho são simples e geralmente econômicas.
  1. Válvula esfera

  A válvula esfera tem esse nome devido ao seu obturador ser uma esfera vazada em que o fluido passa quando ela está totalmente aberta e alinhada com a tubulação. Na posição fechada, o furo da esfera fica perpendicular ao sentido de escoamento do fluxo, bloqueando a sua passagem. A válvula esfera (Inglês: ball valve) é um dispositivo mecânico utilizado para controlar o fluxo de fluido em tubulações. A esfera dentro do equipamento tem um orifício no meio que, quando alinhado com as extremidades da válvula, permite a passagem de fluxo. Quando a válvula é fechada, o orifício fica perpendicular às extremidades da válvula, e o fluxo é então interrompido.
  1. Válvula guilhotina ou de comporta

  As válvulas guilhotina são usadas no bloqueio ou controle de pastas, polpas, líquidos, entre outros, nos principais segmentos industriais. São usadas em petroquímica, saneamento, alimentício, celulose e papel e mineração. 

Válvulas de controle

  1. Válvula globo

A válvula globo (Inglês: globe valve) é um dispositivo mecânico utilizado para regulagem de vazão em tubulações. Seu mecanismo consiste de um disco móvel e um anel fixo em um corpo geralmente esférico. A Válvula Globo de Pistão é um equipamento que possui um extraordinário sistema de vedação. Não utiliza gaxeta e sim anéis de vedação e um pistão de aço inoxidável. A grande superfície em contato com os anéis favorece a estanqueidade na vedação. A área de vedação não fica diretamente exposta ao meio, portanto falhas resultantes do processo de erosão não acontecem. Quando a válvula é fechada, o pistão simultaneamente empurra qualquer impureza que possa estar presente no fluido para fora da área de vedação. Assim, fluidos fibrosos ou contaminados são também confiavelmente vedados.
  1. Válvula agulha

  A Válvula Agulha é sempre indicada quando há necessidade de um fino controle do fluxo. A Válvula  possui esse nome por ter um obturador cônico com a ponta bastante fina com aspecto de agulha na maioria das vezes, produzidos de aço inoxidável, bronze ou outras ligas de aço. A maior diferença se encontra na cunha de fechamento, que na válvula agulha não são discos, mas sim um plug ou agulha, cujo comprimento é maior do que o próprio diâmetro. A válvula  possui um tampão que ao ser movimentado por ação do volante, disponibiliza uma passagem pequena para o fluido, o que permite ajustes finos de vazão. A válvula é utilizada principalmente em linhas de sistemas de lubrificação de equipamentos dinâmicos por possibilitar regulagens adequadas.
  1. Válvula borboleta

  A válvula borboleta pode ser usada para isolar ou regular a vazão de uma rede. O elemento de vedação tem a forma de um disco, e seu acionamento pode ser realizado manualmente ou por mecanismos hidráulicos ou pneumáticos. Essas válvulas permitem um fechamento rápido. As válvulas borboleta são preferidas porque são mais baratas que outros modelos, além de serem mais leves requerendo suportes mais simples e ocupando menos espaço que as válvulas gavetas ou globo. 
  1. Válvula diafragma

  A válvula diafragma é usada para controlar fluidos corrosivos, líquido muito viscosos e com sólidos em suspensão. Ela possui no centro do corpo um diafragma preso entre o corpo e o castelo e através da movimentação do diafragma  é que ela funciona, o acionamento se dá pelo giro do volante , onde a haste central desloca o compressor e o diafragma para cima deixando a passagem aberta , ou para baixo encostando o diafragma na sede do corpo promovendo assim o fechamento da mesma .A válvula diafragma possui estanqueidade total, mas baixa vazão e  não pode ser usada em altas temperaturas.    Válvulas em boas condições devem ser livres de vazamentos. No entanto, as válvulas podem, eventualmente, sofrer desgaste e desenvolver um vazamento, entre o interior e o exterior da válvula ou, quando a válvula é fechada para parar o fluxo, entre o obturador e a sede. Uma partícula presa entre a sede e o obturador também pode causar vazamento.  

Postar um comentário

0 Comentários

Vaga para Técnico em Eletromecânica I

Postagens mais Visitadas

Técnico
Mecânico Offshore; Almoxarife
Alphatec